Rogério Ceni: um goleiro

26 de março de 2018

 

Quando você pensa na carreira de Rogério Ceni não é a palavra “goleiro” que vem primeiro à mente. M1T0, líder, capitão, vencedor e artilheiro, por vezes, aparecem antes no imaginário e na lembrança do torcedor.

É ídolo por tudo acima. Mas foi goleiro também. Ser goleiro é tomar bolada. É treinar mais do que todo mundo. Ser goleiro é defender 30 bolas e entrar para a história por apenas uma falha.  Ser goleiro é ser herói no 0 x 0 e ser vilão no 1 x 1.

 

Rogério superou a barreira (trocadilho intencional) de mais 100 gols com a camisa do São Paulo. Mais do que grandes atacantes que tiveram passagens importantes pelo clube. Mas é uma defesa que o coloca no mais alto patamar da história do clube e taí a felicidade da 4 Linhas em eternizar o momento com uma camiseta que traz ilustração assinada por Milton Trajano.

Rogério voou como goleiro para impedir o gol de Gerrard. Uma aula de como ser goleiro. De defender. Ali não tem liderança, não tem saída de bola com os pés, muito menos precisou ele mesmo fazer o gol.

Foi apenas goleiro. Um dos melhores.

(por Maurício Teixeira)

Relembre a defesa que inspirou a camiseta:

Para saber mais sobre a camiseta em tamanho adulto, clique aqui. Para tamanho infantil, clique aqui.